Tutorial de Revestimentos #3: Seixo

Confira como o arquiteto Marcelo Martins faz os principais revestimentos em seus projetos. Nesse tutorial, ele ensina como fazer um revestimento de pedras soltas, o Seixo.

Olá dezáinas,

Mais tutoriais para vocês! E dessa vez, são os revestimentos que vão brilhar com as Copics!

Mas o que são revestimentos?

Eles são materiais usados com o intuito de revestir, cobrir ou até simular camadas. Logo, podem ter o propósito de decoração ou até proteção. Os mais famosos são: cerâmicas, madeira, papel, tinta e pedras.

Para encarar essa responsa, chamamos o arquiteto e paisagista Marcelo Marttins, que ensina o método de desenho arquitetônico humanizado, mostra como representar revestimentos. Aqui ele desenha sempre com os marcadores Copic, ferramenta crucial em seus projetos.

O terceiro episódio da nossa série (hahaha) é o Seixo. Calma, se você não está familiarizado não tem problema, ele é aquele revestimento feito com pedras soltas com diferentes formatos,que lembra muito a técnica de mosaico, mas que não faz nenhum desenho, apenas aproveita a textura das pedras para harmonizar o ambiente, seja ele interno ou externo. Ficou curiosxs? Então vem com a gente!

 

Antes, você pode conferir o vídeo completo do tutorial:

 

Nesse tutorial, o Marcelo já iniciou com o desenho contornado com a Copic Multiliner e usou a Copic Sketch para fazer a colorização.

 

1) Para começar, o Marcelo sempre faz as bases. Para o seixo, ele faz todo o preenchimento da superfícies usando a ponta chanfrada e um tom bem claro de cinza.

2) Já com um tom mais escuro, o Marcelo começa a adicionar volume as pedras ao fazer um contorno simples de algumas. Outra dica também é deixar alguns espaços em branco para evidenciar a diferença de cada pedra.

3) Nesse passo, o Marcelo volta com a cor mais clara e aplica ela novamente para fazer uma mistura com o tom mais escuro, deixando assim, algumas sombras mais suaves e outras um pouco mais duras.

4) Mais uma dica de efeito: às vezes, algumas pedras, mesmo sendo do mesmo tipo, têm tons diferentes uma das outras. Pensando nisso, para projetar esse efeito, o Marcelo passa por cima outro tom de cinza, dessa vez um cinza quente, para dar algumas nuances amareladas em algumas pedras.

5) Após as pedras finalizadas, o foco agora é o solo. Nesse caso, o Marcelo optou por fazê-lo mais escuro, com um tom de cinza também.

6) Para os mais meticulosos, mais detalhes nas sombras das pedrinhas.

E esse é o resultado final! Demais ver a textura acabada!



Gostou? Conte pra gente se esse conteúdo te ajudou e quais temas você gostaria de ver por aqui.

Acompanhe o trabalho do Marcelo Marttins nas redes sociais @marcelomarttins

Beijos!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais