Tutorial de Revestimentos #2: Madeira

Confira como o arquiteto Marcelo Martins faz os principais revestimentos em seus projetos. Hoje, a estrela da vez é a madeira!

Olá dezáinas,

Mais tutoriais para vocês! E dessa vez, são os revestimentos que vão brilhar com as Copics!

Mas o que são revestimentos?

Eles são materiais usados com o intuito de revestir, cobrir ou até simular camadas. Logo, podem ter o propósito de decoração ou até proteção. Os mais famosos são: cerâmicas, madeira, papel, tinta e pedras.

Para encarar essa responsa, chamamos o arquiteto e paisagista Marcelo Marttins, que ensina o método de desenho arquitetônico humanizado, mostra como representar revestimentos. Aqui ele desenha sempre com os marcadores Copic, ferramenta crucial em seus projetos.

O segundo é a madeira, material presente em 100% das casas no mundo todo! Seja na cadeira, mesa, banco e até no chão! Partiu aprender? Pega o lápis e Copic e vem com a gente!

 

Antes, você pode conferir o vídeo completo do tutorial:

 

Nesse tutorial, o Marcelo já iniciou com o desenho contornado com a Copic Multiliner e usou a Copic Sketch para fazer a colorização.

 

1) Para começar, o Marcelo sempre faz as bases. Na madeira ele faz todo o preenchimento dela usando a ponta chanfrada.

2) Base feita, o Marcelo reforça as lacunas entre as vigas com uma Copic Multiliner 0.3mm de espessura.

3) Agora sim, um dos segredos revelados: criar as junções de outras vigas usando outras intensidades de cor. Esse processo cria um efeito natural da madeira, com algumas mais escuras que outras. Nesse caso, o Marcelo optou pelo uso da cor E57.

4) Para salientar ainda mais as nuances, o Marcelo voltou com a primeira cor e fez uma nova camadaem algumas junções das vigas.

5) Além das vigas sobrepostas, outra característica da madeira são suas ranhuras. Para criá-las, o Marcelo primeiro faz o rascunho solto com uma lapiseira bem de leve.

6) Depois, já com o marcador, ele vai fazendo algumas delas suavemente.

7) Outra dica, é passar novamente o marcado entre as vigas para realçar o escurecimento natural da madeira e também, criar volume.

E esse é o resultado final! Incrível como esses passos simples já conseguem entregar a riqueza de detalhes desse revestimento.

Até mesmo já aplicado nos projetos.



Gostou? Conte pra gente se esse conteúdo te ajudou e quais temas você gostaria de ver por aqui.

Acompanhe o trabalho do Marcelo Marttins nas redes sociais @marcelomarttins

Beijos!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais