Dicas de estamparia: Camuflagem militar

Neste post vamos falar um pouco sobre a criação do efeito de camuflado em desenhos. É bem fácil, mas requer alguns cuidados. Veja o video e depois acompanhe o passo a passo.

Neste post vamos falar um pouco sobre a criação do efeito de camuflado em desenhos. É bem fácil, mas requer alguns cuidados. Veja o video e depois acompanhe o passo a passo.
 
 
A moda sempre teve em sua história a característica de expressar em seus detalhes as principais épocas e contextos históricos. Sejam nos tipos de vestimentas como também em suas estampas. Com a camuflagem militar não foi diferente disso.
 
Criado a função de ajudar os soldados a se esconderem dos inimigos nos campo de batalha, esse padrão de estampa resultou em uma potencial vantagem competitiva nos tempos de guerra. Utilizando-se de formas complexas e encontradas na natureza, o camuflado pode adotar diferentes tonalidades de acordo com o tipo de ambiente onde é utilizado.

Militares usando a camuflagem em ambientes de guerra. (Via: Pinterest)

 
Hoje, mesmo com a diminuição dos combates homem-a-homem, o camuflado ainda tem uma importante função na Moda, dentro e fora das passarelas, podendo ser encontrado no vestuário masculino e feminino, em camisas, jaquetas, shorts, calças, bolsas e até acessórios.
 
Homens e mulheres com peças camufladas (Via Pinterest) 
Agora vamos botar a mão na massa e desenhar?

Quatro padrões criados com o passo a passo

 
Passo 1 – Escolha das cores e tonalidade base
 
Aqui utilizamos as cores da família YG (Yellow Green): YG91, YG93, YG95 e YG99.
Começamos aplicando a cor mais clara YG91 em toda a superfície.
 
 
Como você pode observar, a escolha das cores será mais fácil se seguir a mesma família de cor (YG no exemplo) e matiz (YG9X’s no exemplo) e ir aumentando o brilho/intensidade. Se quiser saber mais sobre como escolher cores seguindo este princípio, leia o post COMO USAR COPIC MARKERS – O SISTEMA DE CORES – PARTE II
 
Passo 2 – Manchas
 
Aguarde a cor de base secar por completo antes de aplicar a segunda cor. Utilizamos a YG93 em manchas bem espaçadas (lembre-se que ainda colocaremos mais duas cores nesses espaços).
 
 
Passo 3 – Continue o processo
 
O processo se repete aqui. Aguarde as primeiras manchas secarem por completo antes de aplicar a YG95. Nesta segunda camada, as manchas devem se sobrepor parcialmente e ainda deixar espaços visíveis para a cor de base e para a próxima camada de manchas.
 
 
Passo 4 – Finalização
 
Aguarde secar e sobreponha parcialmente as novas manchas com as manchas da camada anterior. Se fizer tudo corretamente, você será capaz de ver todas as 4 cores na textura. Veja abaixo.
 
 
Dicas para um melhor resultado:
 
• Lembre sempre de deixar espaços entre as cores para que todas elas apareçam e dêem profundidade à textura.
• Espere a tinta secar por completo entre uma camada e outra para evitar que as cores se misturem e as formas percam definição.
• Faça com que as manchas de cada camada sejam proporcionais entre si e proporcionais ao desenho onde estão sendo aplicadas.
• Caso queira dar um volume mais marcante, adicione as sombras com um tom de cinza escuro sobre a camada de base ou sobre a última camada.
 
Agora que você já sabe como fazer, é só pegar aquele look que você ama e criar sua própria versão camuflada.
 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais