Desenho de figura humana fácil com o Just Sketch Me

Atualmente existem diversas ferramentas para acertar as proporções e as poses de figura humana no desenho. E está aqui é uma das melhores!

Desde que me conheço como artista, um dos meus maiores desafios sempre foi o desenho de figura humana. Tenho certeza que não me dediquei tanto assim nesse assunto, mas posso dizer que já utilizei de vários atalhos. Nesse artigo, falo de um deles.

Por que é tão difícil acertar as proporções de figura humana?

As imagens que captamos desde que nascemos vão abastecendo nosso banco de dados sobre os humanos: altura, largura, expressões, proporções, etc. Uma vez que nosso sistema límbico assimila essas formas humanas como padrões, qualquer alteração salta aos olhos quase que instantaneamente.

Em outras palavras, é muito fácil identificarmos qualquer inconsistência na reprodução de uma forma tão comum aos nossos olhos. Mais do que praticamente qualquer outra forma básica que conhecemos.

Por isso, eu acredito que é essencial investir tempo nesse assunto, seja através dos caminhos clássicos ou não.

O JustSketchMe me permitiu romper a barreira de criar figuras humanas com facilidade enquanto me dedico a outros estudos

Métodos para o desenho de figura humana

Dentre os diversos métodos clássicos empregados para desenhar pessoas, talvez os mais comuns sejam o estudo de anatomia e a blocagem.

Na primeira opção, você vai debruçar sobre todas as camadas que formam a estrutura corporal, começando pelo esqueleto, depois órgãos, músculos e finalmente a pele ou superfície visível. Apenas para caráter ilustrativo, são mais de 200 ossos, e mais de 600 músculos!

Na segunda opção, que consiste na redução das formas complexas em blocos geométricos simples, é necessário um conhecimento razoável de perspectiva antes de partir para a parte orgânica.

Existe ainda um terceiro método, conhecido como desenho gestual, que tem como objetivo principal capturar o movimento e fluidez das formas a partir da leitura dos espaços negativos e da luz e sombra.

Os três métodos citados são MUITO válidos e podem aparecer combinados entre si e maior ou menor grau. Os cursos do Issao Bazolli abordam muito bem essa combinação.

figura humana
As famosas lousas do Issao Bazolli com dicas de anatomia e blocagem.
figura humana
Alguns exemplos de desenho gestual do Issao Bazolli.

Referência pronta nem sempre é tudo

Um primeiro atalho pra quem ainda está engatinhando nos métodos clássicos é conseguir referencias à partir de fotos. Além dos bancos de imagem tradicionais, hoje em dia existem livros e sites completíssimos com poses que podem ou não incluir vestimentas, armas e alguma interação entre pessoas.

À primeira vista parecem excelentes (e como fonte de estudo são mesmo!) mas para atender a uma demanda pontual você pode passar mais tempo tentando encontrar a pose ideal do que efetivamente desenhando. Outro ponto negativo é limitação da iluminação da cena. A chance é grande de que sua referência não ajude tanto assim.

Uma alternativa bastante eficiente para quando você quer desenhar é criar suas referências batendo suas próprias fotos. Dessa forma, você pode garantir que a pose e iluminação estão como deseja. Se você for um bom ator como o Mike Deodato, melhor ainda. 😉

mike deodato
Criar suas próprias referências pode potencializar suas habilidades artísticas.

Existe um app pra isso: o JustSketchMe

Eu acredito que a produtividade tem que andar junto com a criatividade, e qualquer método que contribua para acelerar seu processo tem muito valor. É aí que o JustSketchMe serviu pra mim, uma vez que eu não queria dedicar horas e horas nos estudos de figura humana, nem mesmo tentar umas fotos ousadas. Tudo que eu queria era uma figura de referência.

Uma vez que você entende os comandos básicos é possível criar sua pose exata em pouco tempo, respeitando as proporções anatômicas de diversos biotipos, ou criar poses que desafiam as leis da Física (especialmente útil para heróis). Mais que isso, você pode por exemplo ajustar a posição e intensidade da luz que incide sobre o modelo.

No entanto, o que eu vejo como a maior vantagem deste app é a possibilidade de trabalhar em 3D em tempo real, dedicando mais tempo à composição da cena como um todo do que com as proporções das figuras. Decisões sobre o angulo de câmera, fov (field of view ou campo de visão), posicionamento da luz e melhor silhueta para o personagem são tomadas instantaneamente. Veja no vídeo.

 

Segundo o artista Cheda Neto que também usou o JustSketchMe em um trabalho recente, o app auxiliou demais a encontrar a perspectiva e testar novas composições.

 

Vantagens e desvantagens

Antes de tudo, as vantagens:

  • Poses totalmente customizáveis
  • Diversos modelos diferentes e customizáveis: adultos, crianças, chibi, robôs, animais, etc
  • Ajuste de iluminação (posição e intensidade)
  • Ajuste de FOV (perspectiva)

Todavia, o app tem também suas desvantagens:

  • Versão gratuita é limitada a poucos modelos e poses prontas
  • A versão paga em dólar
  • Interface pouco amigável para quem nunca usou software de 3D

Se gostou, acesse o JustSketchMe aqui

E pra finalizar o post,  não estou defendendo que ele é a melhor alternativa. É apenas um atalho que serviu pra MINHA necessidade pontual. Ele me permitiu romper a barreira de criar figuras humanas com facilidade enquanto me dedico a outros estudos.

E você? Usa algum outro atalho pra aumentar a sua produtividade ou romper barreiras da sua criação? Comenta aqui embaixo que pode ser útil também pra outras pessoas! 😉

1 comentário
  1. Cheda Diz

    Excelente matéria e me sinto honrado em ser citado ao lado de dois gigantes da arte. Parabéns e podem usar o app que é demais

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais