Como fazer olho monstro com Copic 2 (Tutoriais de Olhos #4)

Os monstros estão a solta, o tatuador Gabriel Alexandre mostra mais uma forma de fazer um olho monstro com Copic. Vem ver!

Hey Dezáinas!

 

Por onde você começa seu desenho quando se trata de rosto? Pelos olhos? É, uma grande parte das pessoas começam nessa parte e logo já desistem. #quemnunca

Desenhar e colorir os olhos são um desafio, mas são partes do processo de desenho e que não devem ser gatilhos para bloqueios critivos. Então, xô desistência que nós vamos aprender juntos!

 

Para essa nova temporada, convidamos o tatuador, grafiteiro e ilustrador @gabrielalexandre_tattoo para mostrar seu processo de pintura de olhos, sejam eles humanos, zumbis e monstros.

Nesse quarto tutorial, continuamos com os olhos “monstrengos” mas fofinho, um típico ariano dos monstros (hahaha). Venha aprender em detalhes como o Gabriel fez esse olho!


Antes, você pode conferir o vídeo completo do tutorial:


Veja aqui mais tutoriais do Gabriel Andrade usando Copic:

Tutorial de Olhos 1: Olho humano Realista com Copic

Tutorial de Olhos 2: Olho humano Zumbi com Copic

Tutorial de Olhos 31: Olho Monstro com Copic


Antes de começar a colorir o desenho, o Gabriel fez um rascunho simples do olho montro. Para ajudar, demos um zoom para vocês verem como ele fez. Por ser um monstro, não há muitas métricas e a criatividade pode rolar solta. Mas, algumas partes sempre se mantém da referência do olho humano, como: pálpebras, pupila, íris etc. Mas é claro, nesse, o Gabriel fez em um formato diferente e usando cores diferentes na pintura.


Vamos começar a colorir!

Na escolha das cores há mais liberdade também. Para a esclerótica, parte branca dos nosso olhos, ele usou a cor amarela. Assim, escolheu a Copic Sketch nas cores Y11, Y02 e Y18. Nessa etapa, o Gabriel faz a pintura bem devagar para ter o tempo de secagem.


Para as pálpebras, ele usou tons de vermelho. Com a cor R43, ele fez a base. A dica é sempre fazer a pintura com o mesmo direcionamento para evitar manchas. Com a cor, R59, fez a área de sombra mais escura.


Continuando o sombreamento da pálpebra, o Gabriel usou mais duas cores intermediárias para ajustar a transição de cores (R37 e RV13).


Na pálpebra inferior, ele repetiu o processo de pintura. Lembrando, sempre, e aproveitar as pinceladas para criar as formas.


Com a R59, ele fez o maior detalhamento das pálpebras e criou texturas.


Chegando na íris, o Gabriel fez uma base com a E51 e maiores detalhes com a E17.


Com a E29, refinou os detalhes.


Para maior definição das formas, ele usou a Copic Multiliner BS.


E por fim, o brilho nos olhos também é fundamental nesse olho. O Gabriel fez com o Copic Opaque White, que é uma tinta branca da Copic própria para esses efeitos, tanto sobre a esclerótica, íris, linha d’água e alguns reflexos nas pálpebras.


E esse é o resultado final! E você? Aceita o desafio?



#DezainaOndeCompra?

Veja todos os materiais usados aqui:

Copic Sketch Avulsa

Copic Multiliner BS

Papel Copic Thick Marker

Copic Opaque White

 

Gostou? Conte pra gente se esse conteúdo te ajudou e quais temas você gostaria de ver por aqui.

Beijos!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceitar Leia mais